terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011

Definiria 2011 como o ano das mudanças. Fiz muita bobagem, mas aprendi como nunca. Talvez esse ano tenha feito com que uma frase, que sempre achei medíocre, finalmente começassee a fazer sentido: "Quero a contribuição generosa de todos os erros!" Não lembro de quem é, mas agora me parece boa e perspicaz.
Perdi a direção por diversas vezes e, agora nesse mês, parece que também perdi algo que TALVEZ jamais deveria ter pedido. Enfim, não quero e não gosto de escrever sobre lamentações. Amo e busco as lições da vida (as virtudes) constantemente.
Foi também nesse ano que descobri a filósofia. Algo que me parecia vagar entre o nerd e o difícil se mostrou mágica, inteligente, simples e encantadora. Foi com ela que aprendi que existem muitos e belos caminhos para se chegar a Deus. Aliás, voltar a Deus!
E, por tudo que esse ano me trouxe de bom, não vou pensar em coisas que pretendo mudar ou começar a fazer em 2012; já comecei a pô-las em prática. As palavras de ordem em minha vida já são disciplina, equilíbrio, determinação e família!

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.