quinta-feira, 12 de junho de 2008

Dia dos Namorados?


Dia dos namorados, que bobagem! Apenas mais um dia para o comércio lucrar mais e os tolos românticos trocarem presentes, isso definitivamente me irrita. Há algo melhor do que ser livre? Do que poder ir para onde quiser sem ter de dar satisfações a outrem? Não ter dia nem hora para ver uma pessoa que se deseja? Hã? Hã? Sem falar na vantagem em se poder furar um compromisso de forma com que nossa consciência não fique pesada, como, "Hoje não posso ir, marcamos outro dia!"; ou sair com quantas pessoas você quiser sem ter de se prender a apenas uma. Como o amor é egoísta!

E os namorados, os paixonados, o que eles têm que eu não posso ter? Alguém para lhe mandar mensagens encantadoras no celular ao longo do dia? Bobagem! Poder dizer, "vamos fazer nada juntos" e achar aquilo o máximo? Sem noção! Trocar carinhos em silêncio, apenas sentindo a presença um do outro, e se sentir nas nuvens? Que tosco! Ter uma pessoa que te liga, e que vc treme apenas ao ouvir sua voz? Improvável! Pular muros alheios para roubar flôres... e rir da vida, pq a vida parece muito pequena diante do que se sente? Muito meloso! Ir ao cinemas de mãos dados enquanto riem juntos das coisas mais bobas possíveis, felizes por apenas estarem ali juntinhos? Muito piegas! No final de uma noite dar uma abraço que parece não querer ter fim, olhar nos olhos dela e sentir que metade de você está indo embora? Isso não quer dizer muita coisa! Sentir seu cheiro, aquele que te faz sonhar acordado durante o dia e contar as horas, os minutos, na ânsia pelo próximo encontro? Isso é relativo! Sentir que algo nos domina, nos preenche, nos dá um norte, uma razão, uma felicidade única e incomparável? Pode ser! Fazer amor com tanta paixão, tanto carinho, tanto cuidado, que não se consegue encontrar uma palavra para mensurar o momento, uma sensação de quem conheceu o paraíso sem se quer ter saído do lugar?

É...
Ter um amor é preencher a lacuna entre ser feliz e fazer feliz. É ter o mundo aos seus pés, é ser feliz por apenas saber que a outra pessoa existe... é tudo que não se mede, que não se pede, e que apenas se pode sentir! Apenas?
Feliz dia dos namorados!

4 comentários:

Anônimo disse...

entendo...em meio as dificuldades do dia a dia que enfrentamos, acredito que seria bom ter alguem pra descontrair... por mais que seja algo da sociedade... mas acredito ser algo bom... saudável, cria uma expectativa gostosa de viver... mas e aí, não queria estar namorando então? ter alguem com vc, pra te levar para algum lugar, te dar um presente, quem sabe fazer uma surpresa... algo que nos faz bem assim...

ClAr!ssa FrAncesinHa disse...

Amor é tão lindo
é tao bommm
pena que hj virou algo fútill
quero amar simm e amoo de verdade
mais sem virar dependencia e sim cumplicidade
de sair juntos,de curtir juntoss
de ter alguem que nos faça rir
e q possamos proporcionar o mesmoo
Ainda num achei um pra mimm mais já já encontrooo
hauhauhauahuahau
xerus negoo

Prisoner disse...

Cetamente este dia não passade de um "FAKE" para as pessoas gastarem no comercio, assim como as dezenas de ou até centenas feriados criados para elevar cada vez mais a economia do pais que acaba no bolço dos politicos. Mais à um certo encantamento, e mesmo sendo cafonas muitos (maioria) acabam sucumbindo a tentação de agradar ou mimar um pouco mais seu/sua parceiro(a) a ponto de transformar este feriado em um dia realmente romantico, é patetico eu sei pois poderia se fazer isso em qualquer data, porém como o consumismo nos leva a uma ilusão de que este é o dia de faze-lo muitos (maioria) acabam fazendo deste o "dia dos namorados".

Eu prefiro viver este dia quando posso, e não quando o consumismo me propõe, porém não deixo de acreditar que no amor o que vale é o sentimento e não as ações.

Abraço xefão!

Anônimo disse...

que paranoiaaa!
achei essa critica irrelevante.